• Diamante FM

Terceirização de serviços na Santa Casa é alvo de investigação do MPMS


O MPMS (Ministério Público Estadual) instaurou procedimento preparatório a fim de apurar eventuais irregularidades cometidas, em tese, no âmbito da Associação Beneficente Campo Grande em relação à terceirização do setor de oftalmologia da entidade. As informações estão no DOMP (Diário Oficial do MPMS) desta quarta-feira (28).

A investigação à entidade mantenedora da Santa Casa de Campo Grande foi motivada a partir de denúncia anônima, oferecida ao MPMS em fevereiro, na qual aponta-se que tem sido comum renovação de contratos sem adoção de procedimento licitatório, além de má gestão de recursos.

Neste contexto, foi aberta notícia de fato, em cujo processo de instrução sobressaíram-se alguns indícios de irregularidades, sobretudo, em respeito à terceirização do setor de oftalmologia da Santa Casa, ensejando o aprofundamento da investigação.

Com a abertura do procedimento preparatório, que correrá na 49ª Promotoria de Justiça da Comarca de Campo Grande, sob o comando do promotor de Justiça Gevair Ferreira Lima Junior, o MPMS deverá realizar diligências a fim de verificar consistência dos indícios já identificados.

2 visualizações0 comentário