• Diamante FM

Polícia tenta recapturar chefão do PCC que aproveitou prisão domiciliar obtida no plantão e fugiu


Forças policiais, da Inteligência da Polícia Militar e equipes do Batalhão de Choque, estão em buscas para recapturar apontado como chefão do PCC (Primeiro Comando da Capital) pela polícia, que fugiu na noite desta quarta-feira (22) após ter a revogação da prisão domiciliar.


As equipes fazem buscas em toda a cidade e em outras localidades não divulgadas. A suspeita é de que Palermo tenha fugido para a Bolívia, já que teria uma casa em Corumbá o que facilitaria para se esconder. Ele havia conseguido o benefício da prisão domiciliar no plantão judiciário do dia 21 de abril. Mas, em seguia o desembargador Jonas Hass Silva revogou a prisão domiciliar de Palermo, que foi condenado a 100 anos de prisão por tráfico internacional de drogas.


A fuga aconteceu por volta das 20h40 desta quarta (22), quando Palermo estava na casa de esposa e arrancou a tornozeleira eletrônica fugindo. Na sua peça, o magistrado alegou a falta de laudo pericial médico atestando que o réu tem alguma doença, além de se tratar de um preso de alta periculosidade e que Palermo será isolado da massa carcerária e por fim sua pena ultrapassa 100 anos, o que não é recomendado a prisão domiciliar.

1 visualização
© 2020 Desenvolvido por Indoor Brasil
Logo Branca.png

Rua José Vieira Flores QD 18 L 9. Recanto Dos Pintados - Corguinho MS