• Diamante FM

Pais devem avisar com 15 dias de antecedência se querem aulas presenciais


Qualquer decisão ou alteração tomada pelos pais dos alunos da Rede Estadual de Ensino do Mato Grosso do Sul de voltar ou não as escolas deve ser avisada com 15 dias de antecedência à direção. A medida foi divulgada por meio de live feita por uma equipe da Secretaria Estadual de Educação, na tarde desta segunda-feira (22).


O Superintendente de Políticas Educacionais, Hélio Daher, informou que os pais não são obrigados a levarem os filhos presencialmente às escolas, mas que qualquer decisão ou alteração deve ser relatada aos diretores com 15 dias de antecedência. “Os diretores fizeram a exposição das dificuldades que isso traria para as escolas, inclusive no planejamento de merenda desses períodos e nós concordamos”.


Segundo a equipe formada pela secretária titular Maria Cecília Amêndola da Motta, Superintendente de Politícas Educacionais, Hélio Daher, Superintendente de Informação e Tecnologia, Paulo Cezar Rodrigues e Coordenador de Convênios, Alessandro Perassoli, caso o servidor ou aluno apresente sintomas da Covid-19, deve ser imediatamente afastado.


O professor deve fazer o exame e apresentar o atestado para que a escola convoque um substituto e os estudantes não sejam penalizados. Já se acontecer com um dos alunos, a orientação é a mesma e ele continua acompanhando as aulas de forma remota. Pais, estejam atentos e não levem seus filhos com sintomas à escola”, explicou o Superintendente de Politícas Educacionais, Hélio Daher.


Hélio salientou ainda que toda organização é feita com base nos dados da saúde e que se for entendido que é necessário a suspensão das aulas presenciais, assim será.


Sobre o passe, estará 100% liberado para o estudante, sem nenhuma restrição mesmo quando não estiverem em aula. As escolas ainda contarão com todo material de biossegurança, assim como os alunos, com uso obrigatório.


A volta será na próxima semana, dia 1° de março, no entanto, a primeira semana não será de aula normal. A pedido do Conselho de Diretores das Escolas Estaduais da Capital (Condec), a primeira semana será de esclarecimento do protocolo aos alunos. “Nós conhecemos todo o protocolo, mas muitas vezes os alunos não, então nós acatamos o pedido e vamos encaminhar até a quinta-feira (25), uma sugestão para a escola, mas ela ficará livre para decidir como quer fazer. Vai ser também o primeiro contato depois de muito tempo dos alunos e professores, se identificando. Os alunos serão orientados e dispensados para que venham as próximas turmas”, concluiu Hélio.


Cecília Motta, explicou ainda que a dinâmica dessa primeira semana especial, ainda não está definida e depende da aprovação do Comitê de Operações Especiais (COE). “Nós ainda estamos esperando uma resposta para definir como será essa primeira semana. Caso eles aprovem será presencial, mas se não for possível também faremos todo cronograma de forma remota”.

4 visualizações0 comentário
© 2020 Desenvolvido por Indoor Brasil
Logo Branca.png

Rua José Vieira Flores QD 18 L 9. Recanto Dos Pintados - Corguinho MS