• Diamante FM

Morre em confronto bandido que matou policiais com tiro na nuca


Terminou na madrugada desta quarta-feira (10) a caçada ao homem que matou, com tiros na nuca, de dentro da viatura, dois investigadores da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul. Ozeias Silveira de Moraes, de 45 anos, acabou morto durante confronto, segundo as informações que chegaram à reportagem.


A operação mobilizou inclusive policiais de folga, desde as 17h30, quando aconteceu o duplo homicídio no Bairro Itanhangá, região central de Campo Grande. Segundo apurado, quando as equipes localizaram o foragido, em horário e local não precisado, houve confronto e ele acabou morto no Bairro Santa Emília, no sudoeste da cidade. Ozeias chegou a ser levado para a Santa Casa. Não foi divulgado ainda se o homem chegou morto ao hospital ou foi socorrido por equipe médica da unidade.


A operação envolveu policiais do Grupamento de Policiamento Aéreo da Polícia Militar, Garras (Delegacia de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros ) e Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), onde os policiais eram lotados. Outras unidades também deram apoio, como o GOI (Grupo de Operações e Investigações).


Segundo a polícia, a Derf investigava um roubo de joias na Rua Euclides da Cunha e chegou até William Dias Duarte Cormelato, o outro preso que estava na viatura.  Como ele já tinha em aberto mandado de prisão por violência doméstica, foi algemado para ir à delegacia prestar esclarecimentos. Ozeias também é suspeito do roubo, mas sem mandado de prisão, acabou transportado apenas para averiguações. O que os policiais não sabiam é que ele entrou armado na viatura.


Foram mortos os investigadores de polícia judiciária Antônio Marcos Roque da Silva, 39 anos, e Jorge Silva dos Santos, 50 anos. Roque estava na polícia desde 2006 e Jorge, conhecido como Jorginho, era servidor público da segurança desde o ano de 2002.

0 visualização
© 2020 Desenvolvido por Indoor Brasil
Logo Branca.png

Rua José Vieira Flores QD 18 L 9. Recanto Dos Pintados - Corguinho MS