• Diamante FM

Mesmo com aumento das exportações, saídas por portos de MS caem 16%


O volume de exportações de Mato Grosso do Sul entre janeiro e setembro deste ano subiu consideravelmente se comparado ao mesmo período do ano passado, chegando a marca de 16%, mas a quantia que saiu do Estado por portos locais sofreu grande redução, conforme apontam dados do Ministério do Desenvolvimento.


Se em 2020 as saídas de mercadorias para o exterior pelo porto de Corumbá acumulou 2,3 milhões toneladas e 158 milhões dólares, em 2021 esse número vem se apresentando 8,9% menor, somando apenas 1,97 milhões toneladas e US$ 143,8 milhões.


Ainda no Rio Paraguai, mais à frente, em Porto Murtinho, as exportações apresentaram queda maior. Lá, a redução foi de 26,2% na comparação entre o atual período e o anterior. No ano passado, as saídas ali somaram US$ 123 milhões e 384 mil toneladas. Já neste ano, o valor foi de 90,7 milhões de dólares e 218 mil toneladas.


Somando as quantias de Corumbá e Porto Murtinho nas exportações sul-mato-grossenses, o Estado chega a 234,6 milhões de dólares exportados por portos locais em 2021, número que corresponde a 83,46% dos US$ 281,1 milhões exportados da mesma forma em 2020 - ou seja, houve uma queda de 16,54% dos valores de um ano para o outro.


O contraponto está nas comercializações para fora do País a partir de portos da região sul brasileira. Em em 2020 o valor exportado por Paranaguá (PR) somou US$ 1,5 bilhão e 3,7 bilhões de toneladas entre janeiro e setembro, neste ano é registrado um salto de 40,65% na quantia - já são 2,1 bilhões de dólares e 4,3 bilhões de toneladas.


Pelo porto de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, também houve alta considerável de 18,25% no volume exportado por Mato Grosso do Sul. Os 613,4 milhões de dólares que por ali saíram em 2020 se transformaram em US$ 725,4 milhões em 2021.


Já o famoso porto de Santos, que era a principal porta de saída dos produtos sul-mato-grossenses para os outros países, apresentou queda de 4,36% no valor que passou por ali e perdeu o posto para Paranaguá, diante de sua surpreendente alta.


No ano passado, foram 1,87 bilhão de dólares em exportações sul-mato-grossenses passando pelo porto santista, enquanto entre janeiro e setembro deste ano o volume que saiu do Estado para outra nação por ali é de 1,79 bilhão de dólares.


Balança Comercial - Conforme os dados do Ministério do Desenvolvimento, a balança comercial (índice obtido a partir da subtração do valor das importações sobre as exportações) de Mato Grosso do Sul registra alta de 16% na comparação os nove primeiros meses de 2021 e 2020. O valor neste ano chega aos US$ 3,6 bilhões.

1 visualização0 comentário