• Diamante FM

Feriado encerra com 19 acidentes e 13 presos por infrações nas rodovias de MS


Balanço da Operação Tiradentes, divulgado nesta segunda-feira (25) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), terminou com 19 acidentes nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul e 13 pessoas presas durante feriado prolongado de Tiradentes. Números de embriagados ao volante e ultrapassagens indevidas chamou atenção da fiscalização policial que ocorreu entre os dias 21 e 24 de abril.


Como reforço de mais de 500 policiais nas rodovias federais, números de flagrantes de alcoolemia e ultrapassagens indevidas foram altos durante o feriado em todo o estado. Nos quatro dias de operação, a PRF realizou 3.957 testes de alcoolemia e flagrou 115 motoristas dirigindo sob efeito de álcool, dos quais 13 foram presos.


Na Expogrande, festival de música da Capital, a PRF, em ação conjunta com Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran), Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) e Guarda Civil Metropolitana (GCM), aplicou 5.700 testes do etilômetro com flagrante de 107 motoristas embriagados.


Nas rodovias, 179 condutores ou passageiros não utilizavam o cinto de segurança e 28 crianças eram transportadas fora do dispositivo de segurança. No total, foram registradas 341 infrações de ultrapassagem. 1.962 infrações foram contabilizadas ao final da operação.


Durante a Operação, 621 pessoas foram abordadas e participaram do Cinema Rodoviário recebendo orientações para uma viagem mais segura.


As estradas de MS foram cenário de 19 acidentes, sendo três graves. duas pessoas ficaram feridas e três mortes foram registradas.


Os acidente com vítimas fatais ocorreram na quinta-feira (21) e na sexta-feira (22). Na primeira ocasião, pai e filho de dois anos e seis meses, além de outro motorista envolvido, morreram em colisão frontal na BR-262. No outro acidente também registrado na BR-262, colisão lateral entre Saveiro e Caminhão Man TGX matou um homem, de 33 anos, motorista da pick-up.


Assessoria de comunicação

4 visualizações0 comentário