• Diamante FM

Fechamento da fronteira entre Brasil e Paraguai já afeta cerca de 40 mil pessoas


Empresários paraguaios ligados ao comércio na fronteira entre Pedro Juan Caballero e Ponta Porã querem a abertura flexibilizada e controlada na Linha Internacional. A proposta foi apresentada pelo membro da Câmara de Comércio, Tomás Medina,  ao ministro do Interior, Euclides Acevedo.


Segundo representante da Câmara de Comércio de Pedro Juan Caballero, cerca de 40 mil pessoas são economicamente dependentes da atividade comercial na região e estão aguardando uma decisão das autoridades paraguaias.


Medina argumentou que do lado brasileiro as atividades comerciais estão flexibilizadas, mas para que haja um aquecimento econômico é preciso uma tomada de posição das autoridades paraguaias.


Na avaliação do representante Câmara de Comércio, a proposta que já conta com o aval das autoridades brasileiras é permitir o acesso controlado do Brasil ao Paraguai, conforme o ABC Color. “Queremos uma flexibilização prudente e responsável”, defendeu Medina.

0 visualização
© 2020 Desenvolvido por Indoor Brasil
Logo Branca.png

Rua José Vieira Flores QD 18 L 9. Recanto Dos Pintados - Corguinho MS