• Diamante FM

Com US$ 4,1 milhões, Mato Grosso do Sul foi o maior exportador de tilápia no ano passado


Mato Grosso do Sul liderou as exportações de tilápia em 2021, totalizando US$ 4,1 milhões. Os dados são da Associação Brasileira da Psicultura (Peixe BR).


No primeiro trimestre, o Estado teve US$ 1.218.091 em exportações. Se comparar com o mesmo período do ano passado,


quando foi registrado US$ 2.001.146, a queda foi de 39,1%.


Em segundo lugar, o Paraná foi o estado que mais exportou, com US$ 747.026.


No segundo trimestre, Mato Grosso do Sul passou para a segunda posição (US$ 993.931). Se comparar com o valor do trimestre anterior, a queda foi de 19%.


Em primeiro, ficou Paraná, com US$ 1.219.761.


No terceiro trimestre do ano, Mato Grosso do Sul voltou a liderar, registrando US$ 1.955.312. Se confrontar os dados com o segundo trimestre, o aumento foi de 96,7%.

Paraná foi para o segundo lugar (US$ 1.755.875).


No primeiro trimestre do ano passado, as exportações da piscicultura brasileira chegaram a US$ 3,2 milhões, apresentando aumento de 2% em comparação ao mesmo período de 2020, quando foi registrado US$ 3.179.497.


Os filés frescos ou refrigerados representaram 38,2% do total exportado, com a tilápia sendo a principal espécie exportada (US$ 2,6 milhões).


No segundo trimestre, a tilápia continuou sendo o principal produto exportado, subindo para US$ 3,4 milhões.


As exportações dos produtos da piscicultura brasileira fecharam os seis primeiros meses de 2021 totalizando US$ 7,2 milhões.


Ainda conforme dados da Associação, as exportações no Brasil atingiram US$ 5,7 milhões. Se comparar com o mesmo período do ano passado, o aumento foi de 71%.


A tilápia foi a principal espécie exportada no 3º trimestre, somando US$ 4,9 milhões.

Os Estados Unidos se mantiveram na posição de principal destino da tilápia brasileira.


Com informações do Correio do Estado.

2 visualizações0 comentário