• Diamante FM

Com MS na fila por 2 milhões de doses, Anvisa pode autorizar compra de Sputnik nesta 6ª


Com Mato Grosso do Sul na fila para compra de 2 milhões de doses da vacina Sputnik V para o combate à Covid-19, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) analisa na sexta-feira (4) os pedidos para importação e distribuição do imunizante no País. Conforme divulgado pela Agência, sua Diretoria Colegiada fará reunião pública extraordinária.


Na pauta, os diretores irão dar aval ou não para a importação e distribuição excepcional e temporária das vacinas Covaxin e Sputnik V. A reunião será transmitida a partir das 10h, pelo canal da Anvisa no YouTube e a pauta pode ser conferida clicando aqui.


No dia 13 de maio, MS e outros seis estados autorizaram assinatura de contrato om o RDIF (Fundo Russo de Investimento Direto) para a importação de 28 milhões de doses da Sputnik V para combater a pandemia, via Consórcio Brasil Central. Somente para Mato Grosso do Sul viriam 2 milhões de imunizantes, suficientes para a aplicação das duas doses em um milhão de pessoas.


O repasse de recursos, entretanto, só pode ser feito após autorização da Anvisa para entrada da vacina em território brasileiro. Outra opção seria o STF (Supremo Tribunal Federal) decidir em favor dos estados pela aquisição. Mas, o Supremo deu prazo para a agência reguladora deliberar sobre o assunto.


Segundo dados publicados na revista científica "The Lancet", a eficácia da Sputnik V após aplicação das duas doses é de 91,6%.

2 visualizações0 comentário