• Diamante FM

Capitão Contar faz balanço do mandato e diz que quanto mais candidatos apoiarem Bolsonaro, melhor


Cacifado pelo fato de ter sido o deputado estadual mais votado da história de Mato Grosso do Sul, Capitão Contar (PRTB) deixou para trás até deputados federais eleitos. Foram mais de 78 mil votos que o credenciaram a colocar seu nome à apreciação da população como pré-candidato ao Governo de Mato Grosso do Sul. Na manhã desta segunda-feira (18) o deputado estadual e pré-candidato ao


Governo de Mato Grosso do Sul pelo PRTB concedeu entrevista ao programa “A Bronca do Eli” para as rádios do Grupo Impacto de Comunicação.


É muito bom poder representar as pessoas. O mandato eletivo te abre inúmeras portas e é muito bom poder ter esse contato com o cidadão, de poder conhecer os municípios. Eu gostei muito de ser deputado estadual, sobretudo, nas questões onde eu pude representar cada eleitor que tive e também os outros que não votaram na gente” afirmou o parlamentar que vai repetir como candidato a governador o que fez como candidato a deputado estadual: manter contato direto com as bases fazendo valer a tese de que “o tostão pode vencer o milhão


O deputado Capitão Contar afirma que através das indicações, de votações e dos seus posicionamentos em plenário, representou os eleitores que lhe depositaram confiança e mesmo os que tiveram outra opção de voto.


Segundo Capitão Contar, o parlamentar está na Assembleia Legislativa (Alems) para cobrar, para legislar, fiscalizar. “Nesses quase quatro anos, eu fui muito feliz, cumprindo essa missão e representando as pessoas. O que eu posso dizer, é que quando eu saio nas ruas e recebo o carinho das pessoas, o reconhecimento, para mim representa um pagamento pelo meu trabalho”. Segundo ele, “a vida do parlamentar também é estressante. Ela exige demais de você e da sua família e a partir do momento que você recebe o carinho e o reconhecimento das pessoas é um sinal de que todo o esforço e dedicação valeram a vale a pena” diz.


Ao ser questionado sobre o que o levou a colocar o nome à disposição como pré-candidato ao Governo do Estado, o deputado Contar declarou que o Brasil está passando por um processo de transformação. Para ele, em 2018, o presidente Bolsonaro rompeu com tudo de ruim que estava acontecendo no País e essa transformação não pode parar.


Essa mudança que o Brasil está sofrendo não pode parar. Então essas bandeiras que o presidente carrega de mudança, de transparência, de fazer o brasileiro ter orgulho realmente de morar nesse país, nós precisamos carregar também” comenta.


Hoje ele reconhece que há vários candidatos apoiando as ideias do presidente Bolsonaro e estão aptos a fazer um trabalho decente pelo nosso país. “O presidente está preocupado com o Congresso nesse momento, porque ele percebeu que se não estiver alinhado não tem como fazer um bom trabalho. Eu quero dizer que eu acho que vai ser uma das eleições mais importantes do País e nessa esteira, com essas bandeiras, eu também quero estar representando o presidente no nosso Estado, quero levantar a bandeira da direita conservadora nos nossos municípios” declara.


Para o Capitão Contar, a fala da ex-ministra e deputada federal Tereza Cristina (Progressistas), sobre trazer Bolsonaro para apoiar a candidatura ao Governo do Estado de Eduardo Riedel, é interessante. Para ele é importante que Bolsonaro tenha o máximo de palanques possíveis nessa campanha. “Se possível todos. Agora temos que ficar atentos.


Não basta ser Bolsonarista apenas na foto. Tem que ser Bolsonarista de fato. Eu tenho receio como em 2018, com o Doria, que era ‘BolsoDoria’ e alguns meses depois se afastou. Então esperamos que ele seja muito bem vindo, que tenha apoio de diversos candidatos e quanto mais palanques ele tiver melhor” enfatiza.


Em relação o seu novo partido, Capitão Contar enfatiza que o PRTB tem como lema Deus, Pátria e Família e é o partido do vice-presidente General Mourão. “Eu escolhi esse partido por ser um partido limpo, que está longe das amarras políticas, que é um partido pequeno, mas que respeita a população e os políticos”.


Completando, ele cita que é o presidente estadual do PRTB em Mato Grosso do Sul. “Eu quero agradecer ao Beto Figueiró que me fez esse convite e aceitei no final do tempo disponível para a troca. Temos a chapa de deputados federais e estaduais completas, com mulheres guerreiras. Tenho muito orgulho do time que está se formando em torno desse partido”, relata.


Com relação às expectativas da população, o deputado Contar pontua que o ano de 2018 mostrou para a população que o zelo com recursos próprios, a transparência, a honestidade, são os pontos mais atentos quando o eleitor vai escolher o seu candidato. “As pessoas sabem o que é o Superior Tribunal Federal, o que cada parlamentar vota. Mato Grosso do Sul tem potenciais muito grande, como o turismo, o agronegócio, precisamos atrair a indústria para o nosso Estado. Temos que nos atentar aos desafios logísticos que são enfrentados para o escoamento de produtos, são pautas que vamos trabalhar não nos esquecendo da saúde, da educação. O cidadão quando tem sua consciência, sua independência, ele consegue julgar muito bem as coisas” sentencia.


Sobre o seu mandato como deputado estadual, Capitão Contar declara que houve a desvalorização do profissional da educação. “Alguns profissionais tiveram o salário reduzido” registra para arrematar dizendo que teve um mandato voltado também para a cobrança e acha que o clima disso tudo “foi o pedido de impeachment que fiz contra o nome do governador Reinaldo Azambuja por conta das investigações que estavam sendo realizadas” conclui.


O programa “A Bronca do Eli” é transmitido ao vivo pelas rádios Diamante FM 98,7 Mhz – Corguinho MS; pela Portal FM 98,9 Mhz – Bataguassu; Rádio Segredo FM 106,3 Mhz – Campo Grande MS e Rádio Moriá FM 91,7Mhz – Bandeirantes - MS. Também é possível acompanhá-lo pelo RadiosNet e Rádio Garden que pode ser encontrado na Google Play ou App Store no seu celular.


Colaborou Jota Menon Impactomais.com.br

4 visualizações0 comentário